Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Fevereiro, 2010

Estamos quase a chegar!

Já nos tinham dito que o Carlos andava super entusiasmado com o dicionário que lá deixámos;  até já tinha prometido mandar um e-mail em português.

Pois o e-mail chegou hoje. O português está um pouco engasgado, mas o esforço deste miúdo compensa tudo!

” Ola Untie Lina,
ESTE EN CARLOS…
EU JUSTO FALTA PARA DIZER AQUELE ” QUANDO ACONTECER PARA U-GANDA”
NOS TAO FELICIDADE VOCE RECIEVE NOSO LETTER.
POSSUIR BOM VIAGEM PARA UGANDA
ADIOS
Carlos
Estamos quase a chegar, faltam 2 semanas!
Anúncios

Read Full Post »

Quem pode ajudar?

Para além de roupa, sapatos, material escolar, etc, os rapazes do orfanato perguntaram-nos se podíamos levar uma máquina fotográfica, uma câmara de video e um computador portátil para desenvolverem um projecto de cobertura de cerimónias culturais ou casamentos.

Dizem-nos que há muitas pessoas que pagam muito por este serviço e que isso seria uma forma de gerarem mais dinheiro para o orfanato.

Quanto ao computador portátil, o assunto está resolvido: um dos alunos do Colégio da Bafureira, na Parede, doou o seu portátil.

Faltam uma câmara de vídeo e uma máquina fotográfica. Alguém tem alguma que queira doar?

Por semana, as despesas do orfanato em propinas escolares e comida rondam os 200 euros.

Este projecto pode ter alguma viabilidade e dar a tão desejada sustentabilidade ao orfanato.

Obrigada!

Read Full Post »

Recolha de Bens até 1 de Março

Estamos a ultimar os preparativos para o regresso a Bulenga e já estamos em condições de avançar com mais pormenores.

No total, arrecadámos 3593 euros (valor que ainda vai aumentar com algumas contribuições).

Nesta altura, já temos duas caixas de 30 quilos cheias com material escolar, roupa e brinquedos.

Contactámos a empresa Aerocargas que nos apresentou um orçamento para 120 quilos (4 caixas) de 415 euros.

Tendo em conta que esta bagagem deverá chegar ao destino antes de nós, decidimos recolher bens e donativos até dia 1 de Março (podem entregar a mim ou à Lina).

De momento, aquilo que faz mais falta são: sapatos (para crianças dos 0-16 anos), redes mosquiteiras (10 no total),  material escolar (mochilas e cadernos), e tecidos leves (para dar seguimento ao projecto das máquinas de costura). Informaram-nos que não deveremos despachar produtos inflamáveis ou com baterias.

Entretanto, temos feito alguns contactos para a compra do terreno em Bulenga e já percebemos que a tarefa não é fácil. Em Bulenga, os terrenos são muito caros (na ordem dos 5400 euros por hectare) e sem um advogado, o mais provável é que alguém venha reclamar essa terra tempos depois.  Portanto, se este projecto se revelar impossível durante a nossa estadia, avançamos para a compra de animais e para a construção de algumas infra-estruturas no orfanato.  Podemos construir uma capoeira, comprar algumas galinhas poedeiras e uma/duas cabras. Com este projecto, as crianças podem consumir mais proteínas (ovos) e leite (de cabra). Podem até vender algum excedente e, assim, comprar as frutas e vegetais que tanta falta fazem na sua alimentação diária.

Digam-nos, por favor, o que pensam destas ideias, se concordam ou não e dêem sugestões. Obrigada!!

Read Full Post »

Uganda Sorriso

Hoje, o Carlos mandou este mail:

hi untie Lina
this is Carlos. i just wanted to say hello to you and untie Ritah.
thank you for the letters u sent us.
today was here in town and i have asked uncle to write to you. hope you are good.

we miss you

E porque estamos a um mês do nosso regresso ao Uganda (vamos aterrar em Kampala dia 14 de Março), aqui ficam algumas da fotos mais divertidas do ano passado, assim como a nossa aventura a galope de uma boda-boda, no meio do trânsito caótico de Kampala.

Amanhã, fica também a faltar um mês para a festa de anos das crianças. Vejam, em baixo, o vídeo da festa do ano passado.

[clicar em cima para foto para aumentar]

Read Full Post »

Remetente: Bulenga!!

O carteiro bateu à porta e entregou cartas de Bulenga!

São as respostas dos meninos do Uganda para os alunos do Colégio da Bafureira, na Parede.

Ora vejam, mais à frente, o que o Carlos já sabe escrever em português!

Nos próximos dias, vamos entregar as cartas aos destinatários.

Read Full Post »

%d bloggers like this: